Marketing de conteúdo na hotelaria: Dicas para crescer de maneira orgânica

marketing de conteúdo

O desejo de muitos meios de hospedagem hoje é gerar mais clientes de uma maneira barata e ainda por cima criar um relacionamento único que termine em vendas e no processo de fidelização, e se você quer saber como fazer isso, a solução é o marketing de conteúdo. 

Também conhecido pelo termo inbound marketing, essa técnica foi aprimorada com o passar dos anos e segue em evolução, visando atração, relacionamento, vendas e fidelização a partir de materiais e conteúdo de relevância. 

Neste artigo você irá ler mais sobre o marketing de conteúdo e conhecer estratégias para aplicá-lo no dia a dia do seu hotel, pousada ou resort. Boa leitura! 

O que é o marketing de conteúdo? 

Para entender o marketing de conteúdo nós temos que contar uma breve história de como o marketing e o comportamento dos clientes funcionava e como ele mudou com a chegada da internet. 

Antigamente, éramos obrigados a assistir a um comercial na TV que a própria emissora escolhia o horário e conteúdo que seria transmitido, de forma passiva. Com a internet mais acessível a todos, esses comerciais não deixaram de existir, na verdade, o que mudou foram os canais de busca por conteúdo e informação.  

O que antes era regido pela televisão, agora está disseminado em redes sociais e no google, por exemplo, onde qualquer pessoa com acesso à internet pode procurar, de maneira ativa, por textos, vídeos, ebooks e outros formatos de conteúdo que o ajudam a escolher um produto ou serviço para comprar. 

Ou seja, agora nós temos diferentes maneiras de nos informar e aprender sobre quase tudo na palma de nossas mãos. 

estratégias de marketing digital

Para que serve o marketing de conteúdo?

E é aí que entra o marketing de conteúdo. Pelo significado literal, essa técnica de marketing digital visa a criação de conteúdos de valor para se relacionar com o público e ser lembrado no momento da venda, e após isso, iniciar um processo de fidelização do cliente

Mas saiba que, na prática, o inbound marketing vai muito além de apenas produzir conteúdo. Quando colocamos ele lado a lado com os comerciais, por exemplo, temos uma diferença vital nessas duas estratégias. Enquanto o comercial traz uma solução (serviço ou produto) para quem está assistindo, o marketing de conteúdo analisa o mercado e a persona do negócio, entende sobre o que esse público gosta de ler e cria conteúdos que sejam valiosos para atrair a persona. 

Ou seja, enquanto um comercial traz a propaganda até o possível cliente de maneira abrangente, o inbound marketing tenta entender a preferência do público específico e criar materiais úteis para publicar. Nesse caso, o próprio cliente que está interessado em resolver um problema ou sanar uma dor (comprar um serviço ou produto) é quem vem atrás da “propaganda”. 

No caso do marketing hoteleiro, os materiais em questão nem sempre irão tratar sobre o meio de hospedagem. A questão é apresentar, primeiramente, o destino como uma ótima opção para viagens (conteúdos topo de funil), depois apresentar o meio de hospedagem e seus diferenciais (conteúdos meio de funil), após isso gerar gatilhos e ofertas através de CTAs, Pop-ups, anúncios, para que essa pessoa que já está engajada com o conteúdo se torne um cliente. 

Mais visitantes em seu site 

Não é de hoje que falamos aqui que o seu site é o seu espaço na internet, ele é seu e ninguém mexe nisso, e o principal objetivo de ter um site é para que ele sirva como uma porta de entrada para novos clientes. E é a partir do marketing de conteúdo que você vai fazer com que as pessoas encontrem seu site e se interessem pelos seus serviços. 

Através de pesquisas, conteúdos bem ranqueados no Google e de valor com links internos que levem o possível hóspede até seu site, você atrai mais clientes e faz com que eles cheguem até seu território online. A partir daí é só ter um site bem estruturado e otimizado com SEO e palavras-chave, informações relevantes e os diferenciais do seu hotel, pousada ou resort. 

Vale lembrar que o marketing de conteúdo, principalmente quando trabalhado em blogs e sites junto de estratégias de SEO, é super efetivo a longo prazo. Nesse caso, o acompanhamento constante é necessário, principalmente para realizar otimizações frequentes em suas páginas. 

Aumente o engajamento com a marca 

Produzir conteúdo de qualidade também é uma porta de entrada para o engajamento com seu público. Quando seu possível cliente conhece sua marca e sabe que pode contar com você, ele interage e engaja com suas publicações e outros conteúdos. 

É a partir desse engajamento que você consegue criar advogados para sua marca. Esse possível cliente ou até mesmo alguém que já se hospedou com você e conhece as vantagens de comprar seus serviços, começa a “defender” seu meio de hospedagem e recomendar para outros usuários que estão em dúvida no momento da compra. Funciona como uma espécie de marketing de influência, mas sem um contrato oficial com um influenciador famoso, apenas com uma ótima experiência para seus hóspedes. 

Crie identidade com a marca 

Nos diga, quando você tem alguma dúvida, onde é o primeiro lugar em que você irá procurar respostas? Aposto que 70% ou mais das pessoas respondeu que é no Google. Vamos colocar em um exemplo prático para você entender, você quer aprender a emagrecer e procura no Google: “Exercícios para realizar em casa”. Ao fazer essa pesquisa você encontra um artigo de blog com ótimos exemplos e dicas de uma empresa que vende artigos para se exercitar em casa. 

Você começa a se interessar ainda mais pelo assunto, já que esse artigo possuí diversos links até o ponto em que começa a pesquisar mais sobre essa empresa e descobre que ela vende pesos que são exatamente o que você precisa para se exercitar em casa. 

Após isso, você volta no google e procura mais sobre esse tipo de produto e chega a 2 opções de diferentes empresas. Em qual você vai confiar mais? Na empresa que você acabou de conhecer, ou em uma que você conhece, te ajudou a achar a solução para seu problema e ainda oferece ótimas opções de produtos? 

É claro que aqui nem precisamos de resposta, não é mesmo? Ser conhecido com uma boa reputação online, gerar identidade e confiança com a marca através de seu conteúdo e utilizar isso para fazer seu possível cliente chegar mais perto na compra é a base do marketing de conteúdo. 

Reduza o Custo de Aquisição de Clientes 

O custo de aquisição de clientes é o valor investido para atrair e captar novos clientes, e por ser um custo, o ideal é que seja sempre o menor possível. E essa é mais uma vantagem do marketing de conteúdo. Ele pode ser feito de uma maneira orgânica e natural, sem precisar de anúncios pagos. 

Dessa maneira você não precisa de grandes investimentos para adquirir novos clientes, o que acaba, consequentemente, reduzindo os custos que cada hóspede traz para o seu setor de marketing. Sem falar que eles chegam muito mais decididos e com menos dúvidas no momento da compra, facilitando ainda mais a experiência do cliente. 

Eduque o mercado de maneira estratégica 

Uma das principais vantagens de investir em marketing de conteúdo é educar o público a seu favor e dos serviços que você oferece. Você está, além de ajudando a escolher se hospedar com você, fazendo com que ele desconsidere os concorrentes.  

É claro que em seus conteúdos você não irá trabalhar com as vantagens de se hospedar no hotel X ou Y, você irá falar sobre seu meio de hospedagem e tudo aquilo que ele irá receber ao passar uma viagem em seu hotel, pousada ou resort. Por exemplo, se você é uma pousada de frente para o mar, um material sobre “Vantagens de se hospedar de à beira-mar” pode ser o ideal para convencer o cliente de que ele precisa ficar hospedado de frente para o mar em sua próxima viagem. 

marketing de conteúdo

Como fazer marketing de conteúdo? 

Bom, agora você já sabe para que serve o marketing de conteúdo, está na hora de saber como iniciar a execução de materiais que irão ao encontro do que seu público deseja ler ou assistir. 

Antes de iniciarmos cada um dos formatos, é preciso lembrar, essas estratégias só funcionam quando é realizado um estudo aprofundado do público-alvo, e logo após isto, feito um planejamento completo com ações e campanhas que visam a criação de conteúdo de valor para a persona em questão. 

Dedique um tempo para analisar e planejar com atenção, e não saia escrevendo qualquer coisa no achismo. Lembre-se de que você tem que escrever para seu público, e não para você mesmo. 

Tenha um blog e site valiosos 

Seu site deve ter conteúdos explicativos e institucionais sobre sua empresa e os serviços que você presta. O objetivo é informar aqueles que entrarem no site e auxiliar a navegação do usuário entre todas as páginas. 

Atrelado ao seu site, o seu blog é um dos principais caminhos que seus possíveis clientes têm para chegar a conhecer sua empresa de maneira orgânica. Com bons conteúdos e estratégias de SEO muito bem pensadas, você, além de produzir algo que seu cliente queira ler, está sendo encontrado nas primeiras posições do Google. 

Trabalhe de maneira estratégica com palavras-chave, para ter um blog bem estruturado, mas não se esqueça de categorizar seus conteúdos e otimizá-los de tempos em tempos para obter os melhores resultados. 

Redes sociais e marketing de conteúdo 

Esses são os canais mais versáteis do marketing digital, já que podem servir tanto para atrair, quanto para se relacionar, e em alguns casos específicos até mesmo para vender. É lógico que o marketing de conteúdo não ficaria de fora. As redes sociais são os principais canais de consumo de conteúdo hoje em dia, e promover algo de valor e qualidade, pode gerar engajamento, compartilhamento e viralização de postagens, sem falar que elas são extremamente baratas. Lembrando que dentro das redes sociais, um mesmo conteúdo ou tema pode ser abordado de diversas maneiras em formatos diferentes. 

Materiais e conteúdos ricos 

Com o seu blog e redes sociais você já atraiu diversos possíveis clientes, mas é preciso convertê-los e torná-los leads para que o processo do marketing de conteúdo continue acontecendo, e é aí que os materiais ricos entram. Pode ser e-book, infográfico, templates, webinars, são diversas as maneiras de criar um conteúdo rico e converter os interessados como leads. O necessário aqui é uma página de conversão onde o possível cliente fornece alguns dados importantes para acessar o material, como nome, e-mail e idade, já que até esse momento ele era um desconhecido por você. Assim você faz com que ele entre para sua base de contatos e ele ganha um conteúdo rico de graça. 

Não esqueça o e-mail marketing 

Muita gente acha que o e-mail marketing morreu ou foi esquecido, mas saiba que é muito pelo contrário. Ele é uma ótima forma de espalhar conteúdo, principalmente para sua base, que são possíveis clientes, ou pessoas que já consomem seus conteúdos, onde você pode trabalhar com materiais mais pessoais e que vão ainda mais ao encontro com as preferências do público, já que aqui está trabalhando com um público que já conhece. 

Vídeos em diversas plataformas 

Esse é um dos formatos “coringas” do marketing de conteúdo, pode ser utilizado em um canal próprio, como é o caso do YouTube, ou em outros canais, como as redes sociais e blogs. Esse formato tem se popularizado muito mais com o passar do tempo pela facilidade, já que hoje em dia é possível gravar apenas com o auxílio de um celular. Não foque em edições complexas, o principal é ser carismático e fornecer um conteúdo interessante para quem está assistindo. 

Agora que você já conhece tudo sobre o marketing de conteúdo e sabe como aplicar em seu meio de hospedagem, conheça a Tribuzana Marketing. Somos uma agência de inbound marketing e estamos sempre buscando as melhores soluções para ajudar seu meio de hospedagem a crescer. 

Entre em contato conosco agora mesmo e fique por dentro das estratégias de marketing hoteleiro e vendas que nosso time de especialistas tem reservado para você e sua empresa alcançarem os melhores resultados. 

Comentários do Facebook

Você pode gostar de…