30 principais termos do marketing digital para hotelaria

termos do marketing digital

Para quem está pesquisando mais sobre o marketing para meios de hospedagem, ficar por dentro dos principais termos do marketing digital faz toda diferença. Pode não parecer quando vemos de cara siglas de 3 letras e palavras em inglês, mas compreender os conceitos dessa área é sim muito simples. 

Pensando em te ajudar nessa missão de conhecer mais sobre o marketing digital hoteleiro e seus diversos termos, nesse conteúdo compilamos um glossário completo de 30 expressões que irão aparecer muito no seu dia a dia. 

Ficou curioso? Então continue a leitura desse artigo até o fim! 

Inbound Marketing 

Vamos começar por uma das principais estratégias do marketing digital, o Inbound Marketing. Em uma tradução livre, ele significa “Marketing de atração” e consiste justamente nisso. Nessa estratégia, a ideia é chamar atenção dos leitores com conteúdos relevantes para o que ele está buscando e criar um sentido de identidade com a marca. 

Conheça mais sobre o Inbound Marketing Hoteleiro, clicando aqui

Persona  

De maneira geral, as personas são personagens semi-fictícios que representam o seu cliente ideal. Elas são criadas a partir de dados e informações que você tem do seu público-alvo, e envolvem especificações como idade, profissão, necessidades, angústias e comportamento online. 

Lead  

Um lead, nada mais é do que um visitante que compartilhou alguns dados com você e entrou para sua base de contatos. Para ser um lead, você precisa conhecer com quem está falando, ou seja, precisa do nome, e-mail, e outras informações que solicitou no momento da conversão. 

Oportunidade 

As oportunidades são pessoas da sua base que estão no momento propício para fechar a compra. Elas funcionam como uma evolução do lead, já que possuem o interesse e se demonstram interessadas no que sua empresa tem a oferecer. 

Conversão  

A conversão é justamente o processo que ocorre na passagem entre visitantes para leads, e leads para oportunidades. Necessariamente, um visitante converte para lead quando compartilha seus dados, e depois, converte para oportunidade quando se está no momento da compra. 

Funil de vendas 

O funil de vendas é uma forma prática encontrada para entender o quão próximo um visitante está de se tornar um cliente real de sua empresa, passando a ser um lead e oportunidade também. Ele é dividido em 3 etapas distintas: Topo, meio e fundo. A ideia é fazer com que esses visitantes avancem gradativamente entre as etapas até se tornarem um comprador de seus produtos/serviços. 

Jornada de compra 

A jornada de compra se assemelha muito ao funil, mas serve muito mais para desenharmos o caminho percorrido por um possível cliente até fechar uma compra. Nela, temos 4 principais categorias: 

  1. Aprendizado e descoberta: Seu cliente justamente descobre que tem uma nova necessidade que surgiu a partir de um gatilho que leu ou assistiu em algum lugar; 
  2. Reconhecimento do problema: Depois de encontrar um “problema”, ele começa a reconhecer procurar por soluções, no caso, produtos e serviços que atendam suas necessidades; 
  3. Consideração da solução: Aqui é preciso fazer uma apresentação muito mais específica do que sua empresa oferece para solucionar as dificuldades do possível cliente; 
  4. Decisão de compra: Momento crucial onde seus serviços ou produtos são escolhidos pelo novo cliente. 

Em alguns segmentos específicos, como na hotelaria, essa jornada é desenhada de uma maneira bem diferente. Inclusive, temos um artigo completo sobre a Jornada de Compra na Hotelaria, fique à vontade para ler esse conteúdo e compreender mais sobre essa estratégia. 

AIDA  

AIDA é um dos termos do marketing digital e significa: Atenção, Interesse, Desejo e Ação. É um modelo do comportamento humano que deve ser levado em conta na sua produção de conteúdos para sua base de contatos ou visitantes. Busque sempre chamar atenção, atender os interesses, despertar desejo e fazer uma chamada para ação dos seus leitores. 

Landing page 

As landing pages são páginas criadas para conversão de visitantes em leads através de formulários pré-programados. A partir delas, você pode oferecer materiais ricos ou até mesmo utilizar para solicitar orçamentos, em troca dos dados de seus visitantes. 

Pop-ups 

Utilizados também para converter novos leads, os pop-ups aparecem nas páginas de seu site. A grande ideia é oferecer exatamente o que o leitor quer e chamar atenção o mais rápido possível, já que os pop-ups podem ser fechados rapidamente. 

CAC 

Entrando na série de siglas de 3 letras, o CAC é o Custo de Aquisição de Clientes. Ele é um cálculo que traduz quanto é gasto para aquisição de cada cliente da empresa. Esse cálculo é muito importante para ter em mente quanto está sendo gasto para que cada novo cliente seja integrado a empresa. 

LTV 

LTV ou Lifetime Value, traduzido para nosso bom português como: Valor Vitalício do Cliente. Esse valor é muito importante para tirarmos uma média de quanto é possível arrecadar de cada cliente, até que deixe de usar seu produto/serviço. 

ROI 

O Retorno Sobre Investimento, ou ROI, é um cálculo que nos diz se os investimentos feitos em marketing estão dando lucros ou prejuízos para a empresa em questão. Dessa forma conseguimos definir somente as ações mais lucrativas. 

Materiais educativos da Tribuzana Marketing Hoteleiro

KPI’s  

AS KPI’s ou Indicadores-chave de performance, esses indicadores nos ajudam a compreender a eficiência das estratégias. As KPI’s vão além de números frios, elas nos dão uma visão aprofundada de fraquezas e oportunidades do seu negócio. 

Métricas 

As métricas funcionam de maneira diferente das KPI’s, já que são utilizadas para medir os resultados de marketing e vendas das empresas, através de dados e números de comparação. 

Métricas de vaidade  

Métricas de vaidade são justamente os dados que não devem ser seguidos para acompanhar os resultados de sua empresa. Geralmente, um bom exemplo são as curtidas em redes sociais, que não nos traduzem exatamente a qualidade de suas ações. 

CTA’s 

CTA’s ou Chamadas para ação, é como chamamos qualquer tipo de interação inserida propositalmente para fazer o leitor dar o próximo passo. Botões, links de orçamento, banners com materiais ricos. A ideia dos CTA’s é ser irresistível para convencer o leitor a clicar e avançar na sua estratégia. 

Teste A/B 

Como o próprio nome sugere, eles são testes de diferentes abordagens onde conseguimos mensurar qual versão de um mesmo material tem o melhor resultado. Os e-mails, por exemplo, são muito comuns para testes A/B, onde testamos dois assuntos diferentes no mesmo e-mail para ver qual tem taxa de abertura maior. 

SEO 

Muito conhecido por influenciar diretamente no marketing de conteúdo no Google, o SEO é peça vital quando pensamos em alcançar as primeiras posições de um artigo ou página de site nos mecanismos de pesquisa. As regras de SEO abrangem diversos aspectos, que devem ser levados em conta quando o objetivo é ranquear bem seu site. 

Keyword 

Não podemos falar do SEO sem citar as keywords ou palavras-chave. Elas são fundamentais para quem almeja o topo do Google. Todos os conteúdos devem possuir uma boa palavra-chave e utilizar ela com naturalidade ao longo do material, no título, introdução, subtítulos e descrição. 

No nosso caso, a palavra-chave desse artigo que está lendo é Termos do marketing digital, e você pode notar o quanto ela aparece no conteúdo. 

Link building 

O Link building é outra ótima maneira de melhorar o SEO de seus artigos de blogs e páginas. Ele nada mais é do que a conexão entre diversos conteúdos por meios de links internos nos seus materiais. 

Quer um ótimo exemplo de link building na prática? Clique aqui e acesse um artigo completo sobre 14 dicas de marketing hoteleiro. 

Tráfego pago e orgânico  

Seguindo nossa lista de termos do marketing digital, vamos falar sobre os tipos de tráfego que temos. O orgânico é todo e qualquer acesso direto feito pelo Google, sem interferência de mídias pagas. Já o tráfego pago, como o nome sugere, são os acessos feitos através de anúncios. 

CPC  

Quando falamos em anúncios pagos, tema muito relacionado com o tópico de cima, o CPC é um dos principais dados que envolvem essa estratégia. CPC ou Custo Por Clique, é a maneira de mensurar quanto foi gasto para cada clique que você recebeu no seu anúncio, esse é um número muitas vezes encontrado facilmente nos gerenciadores de anúncios do Google ou redes sociais. 

Vendarketing  

Vendarketing é um criado a partir de duas outras palavras: Vendas e Marketing. É justamente a união entre os dois setores e o uso de estratégicas de maneira comunicativa e colaborativa entre as duas áreas. Aqui na Tribuzana temos um artigo completo sobre marketing e vendas, leia mais clicando aqui

Engajamento  

Conhecido por ser um dos principais termos do marketing digital, o engajamento é a forma utilizada para medir a interação dos usuários com suas ações e campanhas online. Apesar de ser muito atribuído às redes sociais, ele também pode ser mensurado em e-mails e blogs, por exemplo. 

CRM 

Customer Relationship Management, CRM ou gestão de relacionamento com o cliente é uma ferramenta utilizada para acompanhar e gerir como está a comunicação entre empresa e cliente, além de centralizar todas as informações sobre sua base de contatos. 

Slow content 

O slow content é algo que vai de encontro com algumas estratégias mais atuais, onde conteúdos dinâmicos e rápidos devem ser priorizados. Na verdade, ele é completamente contrário a isso, o Slow content são os conteúdos mais lentos e densos, com maior riqueza de conteúdos. 

Remarketing 

O remarketing são as ações direcionadas especificamente para o público que já demonstrou interesse nos seus produtos/serviços, mas não fechou a compra no primeiro contato. A partir disso, são feitas campanhas para o convencer de que agora ele já está pronto para o que seu negócio oferece, com uma linguagem mais direta. 

Sitemap 

Sitemap é o mapeamento de um site em todas as suas camadas, desde navegabilidade até desempenho geral. Ele geralmente é feito em arquivos de backup, com uma leitura da planta do seu site. 

UX 

E para finalizar essa lista de termos do marketing digital, vamos falar sobre UX, ou experiência do usuário. Ela deve ser levada em conta para a todo instante, já que influencia diretamente na impressão do público sobre seus materiais e serviços prestados. 

Já conhece os 30 principais termos do marketing digital para hotelaria? Então agora chegou a hora de aprofundar seus estudos e ler mais sobre estratégias que podem impactar diretamente seu meio de hospedagem a crescer e obter resultados reais!  

Entre no blog da Tribuzana Marketing e leia mais de 50 artigos escritos por especialistas na área agora mesmo. 

Ahh, e não se esqueça de salvar o link desse conteúdo para ler a qualquer momento caso tenha dúvida sobre algumas das expressões que citamos acima. 

Solicite um orçamento com a Tribuzana Marketing Hoteleiro

Você pode gostar de…